As Formas Simbólicas e a Dinâmica da Centralidade em Vitória: um Esforço de Análise

Nome: Daniel Pitzer Zippinotti
Tipo: Dissertação de mestrado acadêmico
Data de publicação: 07/11/2014
Orientador:

Nomeordem decrescente Papel
Luis Carlos Tosta dos Reis Orientador

Banca:

Nomeordem decrescente Papel
Carlos Teixeira de Campos Júnior Examinador Interno
Eduardo Rodrigues Gomes Examinador Externo
Luis Carlos Tosta dos Reis Orientador

Resumo: O presente trabalho aborda, sob a perspectiva da geografia cultural renovada, a temática das formas simbólicas no espaço urbano, tento como problematização o estudo de caso das formas simbólicas espaciais mais representativas da centralidade na Área Central de Vitória (ES).
O interesse sobre o tema está associado o quadro relativamente recente no qual a Área Central de Vitória, sobretudo nas últimas duas décadas do século XX, passa a sofrer com um intenso processo de descentralização apresentando como alguns efeitos dessa dinâmica não só aparecimento de núcleos secundários de comércio e serviços afastados da Área Central, quanto também exerce um papel fundamental no que se ficou consagrado como crise da área central.
Entretanto, se o quadro acima descrito é muito recente, por outro lado, durante o amplo período da produção do espaço urbano da capital capixaba em que a organização interna da cidade foi tributária, fundamentalmente, do processo de centralização, o Centro de Vitória foi o lócus privilegiado de materialização de formas simbólicas espaciais tipicamente associadas à centralidade intra-urbana tais como edificações que são símbolos dos poderes político, jurídico e econômico; igrejas; os monumentos, dentre outras formas simbólicas espaciais.
Deste modo, a dissertação pretende investigar o advento da descentralização sobre as formas simbólicas espaciais tipicamente associadas à Área Central da capital capixaba, questionando em que medida essas formas permanecem enquanto signos de resistência simbólica a importância da área, bem como a natureza da eventual requalificação de significado ao qual foram, eventualmente, submetidas.

Palavras-chave: Área Central; Descentralização; Formas Simbólicas; Significados; Geografia Cultural; Centro de Vitória ES;

Acesso ao documento

Acesso à informação
Transparência Pública

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Fernando Ferrari, 514 - Goiabeiras, Vitória - ES | CEP 29075-910