Espaço e Natureza na Lagoa Jacuném

Nome: Rubens Pereira Barbosa
Tipo: Dissertação de mestrado acadêmico
Data de publicação: 26/08/2011
Orientador:

Nomeordem decrescente Papel
Carlos Teixeira de Campos Júnior Orientador

Banca:

Nomeordem decrescente Papel
Carlos Teixeira de Campos Júnior Orientador
Floriano José Godinho de Oliveira Examinador Externo
Gisele Girardi Examinador Interno

Resumo: A natureza, elemento presente em abundância no passado, com o passar do tempo tem se transformado em atributo raro e, por ser provedora de recursos importantes, tanto para a vida quanto para os processos produtivos, foi se tornando foco de atenção de ambientalistas e da sociedade como um todo. No espaço urbano, ao passo que a cidade cresce, a natureza é substituída ou aprisionada pelo concreto, além de receber cargas de poluentes e sobreviver em pequenos fragmentos. Com a impossibilidade de substituição e a escassez sendo constantemente divulgada, a natureza anteriormente negligenciada passa a ser altamente requerida, chegando ao status de mercadoria. Atualmente, a indústria da construção civil tem explorado as repercussões das iniciativas ambientalistas por meio do lançamento de produtos imobiliários que trazem a natureza como diferencial, seja ela realmente presente ou criada de forma ilusória por meio de signos. A lagoa Jacuném, no município de Serra, ES é um exemplo dessa estratégia de mercado. Análises da qualidade de água, presença de efluentes visivelmente carregados de poluentes nos córregos afluentes evidenciam a degradação ambiental do corpo hídrico, no entanto, a ação imobiliária tem vendido a idéia de santuário ecológico e direcionado midiaticamente o consumo de uma ilusão.

Acesso ao documento

Acesso à informação
Transparência Pública

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Fernando Ferrari, 514 - Goiabeiras, Vitória - ES | CEP 29075-910